Acesso à informação

Agência de Notícias da Prefeitura de Ourinhos

Futuras instalações do IPMO estão quase prontas

IPMO

Por Coordenadoria de Comunicação Social

Ourinhos, São Paulo

Sexta-feira, 25 de Outubro de 2013

   

As obras do novo prédio da sede própria do IPMO (Instituto de Previdência dos Servidores Públicos Municipais) estão em fase de finalização. As futuras instalações na Rua Cambará, em pouco tempo estarão à disposição dos mais de 800 aposentados e pensionistas da Prefeitura.

O prédio que atualmente abriga o IPMO é pequeno e no novo espaço haverá mais comodidade para o atendimento aos servidores. A sede própria do IPMO prevê 527,92 m² de área construída, com salas destinadas ao atendimento dos servidores públicos municipais ativos e inativos, lotação dos cargos técnicos, sala de reuniões, gabinete da presidência e auditório para realização de palestras, com capacidade de aproximadamente 50 pessoas.

O projeto também atende às regras da ABNT, garantindo acessibilidade àqueles que são portadores de necessidades especiais, observando larguras de portas e corredores, adaptações nos banheiros e instalação de piso podotátil, que facilita o trânsito dos deficientes visuais.

“Essa obra representa a forma que a atual diretoria está administrando o IPMO, aplicando muito bem os recursos e realmente estruturando esse Instituto, que tem uma perspectiva de vida longa. Essa é uma iniciativa arrojada, que visa principalmente o acolhimento, com conforto e qualidade aos nossos mais de 800 aposentados e pensionistas. Acredito que o atendimento do IPMO tende a ter cada vez mais qualidade e parabenizo toda equipe pelo bom trabalho, o que contribui de forma brilhante para garantir o pagamento dos inativos”, destaca a prefeita Belkis Fernandes.

Foto:  Sede própria do IPMO que está sendo construída na Rua Cambará para melhor atender aposentados e pensionistas da Prefeitura

Travessa Vereador Abrahão Abujamra, 62
Centro - CEP:19.900-900 - Fone: (14) 3302-6000

© 2017 Prefeitura Municipal de Ourinhos - Todos os direitos reservados.

alc propaganda