Acesso à informação

Agência de Notícias da Prefeitura de Ourinhos

PREFEITURA E FUNDO SOCIAL PROMOVEM PROJETOS HORTA SOLIDÁRIA E HORTA EDUCATIVA EM ESCOLAS MUNICIPAIS E INSTITUIÇÕES

Fundo Social de Solidariedade

Por Coordenadoria de Comunicação Social

Ourinhos, São Paulo

Quinta-feira, 21 de Janeiro de 2016

   

A parceria entre o Fundo Social de Solidariedade de Ourinhos, e a Prefeitura de Ourinhos, por meio das Secretarias Municipais de Assistência Social, Educação e Meio Ambiente e Agricultura permitiram o desenvolvimento dos Projetos: Horta Solidária e Horta Educativa em escolas do município e instituições.

Instituições como Capes, Casa Arco Íris, USF Pacheco Chaves, através de seus representantes, junto a pacientes e adolescentes, preocupados com a melhoria da qualidade de vida das pessoas atendidas, desenvolveram o projeto Horta Solidária, promovendo alimentação saudável e atividade psicoterápica.

O projeto Horta Educativa, elaborado pelo Fundo Social de Solidariedade do Estado de São Paulo (Fussesp), em parceria com a Secretaria Estadual de Agricultura e Abastecimento, foi implantado em Ourinhos, através de convênio com o Fundo Social de Solidariedade de Ourinhos/Prefeitura Municipal. O projeto contemplou as escolas conveniadas com ferramentas, cadernos para alunos, famílias, cuidadores e educadores, além de sementes diversas e capacitação dos responsáveis pelo desenvolvimento do projeto nas unidades.

O objetivo dos Projetos é promover educação alimentar e ambiental, proporcionando estímulo à alimentação saudável através do consumo de hortaliças frescas, sem agrotóxicos, a formação de atitudes sustentáveis na interação com o ecossistema e a promoção da saúde como consequência. O aumento do índice de obesidade infantil e a alta incidência, em adultos, de doenças relacionadas a hábitos alimentares inadequados é mais um dos motivos que impulsionam o projeto da horta.

O projeto acontece desde 2014, influenciando cerca de 4.000 pessoas entre alunos, professores, funcionários e comunidade, estando presente em escolas como as EMEIs Angelina Perino, Clara Augusta de Noronha, Dona Josefina da Silva e Sá, Érico Veríssimo, Manuel Bandeira, Vinícius de Moraes e Viriato Correia, e os NEIs Albert Sabin, Dulcinéia A. S. Martins, Enry César C. Negrão, Itaipava, Vera Moura e as EEs José Augusto de Oliveira e Josepha Cubas da Silva, tendo sido iniciado na EMEF Adelaide P. Racanello.

Em 2016, o projeto será efetivado na EMEF Profª Adelaide Pedroso Racanello, acrescentando cerca de 1.000 alunos, além de suas famílias e da comunidade, tendo continuidade nas demais unidades escolares que já possuem a horta.

Uma vez que a criança, na fase escolar, encontra-se em estágio de formação e é formadora opinião, o desenvolvimento do projeto nas instituições escolares potencializa o objetivo da ação, transformando alunos em agentes multiplicadores que influenciam, positivamente, familiares e comunidades, construindo uma consciência crítica ambiental e alimentar que qualifica para a criação de mecanismos de melhoria da qualidade de vida.

Mas, para além das ferramentas e materiais, o projeto desenvolveu-se graças ao apoio da Prefeita Belkis Fernandes e dos Secretários municipais: Maria Tereza Paschoal de Moraes (Educação), Maria Aparecida Finotti Oliveira (Assistência Social) e Diógenes Correa (Meio Ambiente) e ao empenho de pessoas, que cientes do seu papel na comunidade, despenderam seu tempo e sua energia para o sucesso da ação.

Pessoas como a Presidente do Fundo Social de Solidariedade de Ourinhos, Fátima Dias Perino, a Coordenadora Municipal da Horta Educativa, Jael Iori Paulini, os funcionários públicos das secretarias parceiras: Moadir Gonçalves de Almeida e Vanessa Clara Melo; as diretoras, coordenadoras, professoras, pais de alunos e funcionários das escolas, além dos agrônomos da CATI: Osmar Mosca Diz e Amauri Gomes.

Travessa Vereador Abrahão Abujamra, 62
Centro - CEP:19.900-900 - Fone: (14) 3302-6000

© 2017 Prefeitura Municipal de Ourinhos - Todos os direitos reservados.

alc propaganda